Casamentos Santo Amaro da Imperatriz

Julia e João

Se eu chorei? Chorei horrores!


Vamos falar de amor de verdade? Daquele que tu olha e fica feliz pela alegria do outro e se emociona porque a emoção transborda por todos os cantos quando estamos perto de gente apaixonada assim. Conheci o João aos 15 anos, estudamos na mesma sala de aula durante o ensino médio e ele sempre foi aquele cara gente boa, meio na dele e super inteligente. Ao fotografar o casamento da sua prima (que também já passou por aqui e estudou com a gente nessa mesma época) eu vi que ele estava namorando  a Julia, lembro de no dia perceber ela emotiva ao ver a alegria dos outros e ainda pensei comigo que ela seria uma noiva daquelas que a gente adora. Amo gente que se emociona mesmo, não apenas pelas fotos, mas porque rola identificação pura. É sinal de empatia, de coração bom.

Passado um ano o João e a Julia me procuram para fotografar o casamento dos dois, a missão era em pouco menos de 3 meses transformar um sonho antigo em realidade. E não é que eles conseguiram? O dia amanheceu lindo, não havia um convidado que não estivesse radiante de alegria e emocionado pelos dois, e eles eram só sorrisos e lágrimas, do jeitinho que eu amo!


Eu só posso agradecer aos dois pela confiança no meu olhar e por cada palavra linda dita um pelo outro, são votos como os de vocês, e olhares apaixonados e carinhos e toda essa parceria que me fazem ter certeza de quanto trabalhar com  o registro desses momentos é incrível. Tudo vale a pena e ganha um sentido maior quando do outro lado existe corações conectados e felizes. Fotografar vocês foi lindo, cada momento nesse sítio entre família e amigos foi especial pra mim. 

Minha eterna gratidão, com carinho, Fran :)